O Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI) de Telêmaco Borba realizou no dia 28 de junho, nas dependências da Secretaria Municipal de Educação, uma capacitação para os conselheiros, titulares e suplentes, sob o tema “Violência contra a pessoa idosa”.

Os trabalhos foram ministrados pelas assistentes sociais da Prefeitura Rosane Cochmanski e Silvia Maria Porto e fizeram parte do Dia Mundial de Conscientização Contra a Violência da Pessoa Idosa, que tem como data o dia 15 de junho.

De acordo com Rosane e Silvia a capacitação foi de extrema importância para os conselheiros, oportunizando debates e reflexões a respeito da temática sobre a violência contra a pessoa idosa.

Subtemas como envelhecimento com dignidade; o lugar social da velhice; as definições e   tipologia da violência contra a pessoa idosa; perfil da vítima e do agressor; as situações de risco e indicadores destas violações.

Por fim foram apresentados alguns exemplos de como prevenir algumas situações de risco envolvendo a pessoa idosa, tendo em mente que todas as melhorias investidas nos idosos de hoje é garantia de uma melhora para todos que mais tarde deverão chegar a esta etapa da vida.

Ao final da capacitação os conselheiros receberam certificado pela participação.

O Conselho Municipal dos Direitos do Idoso de Telêmaco Borba tem na presidência Rozalina Ernesto.

Denuncia de maus tratos aos idosos

Para denunciar maus tratos a pessoa idosa pode utilizar-se do disque 100 ou pelo Disque Idoso Paraná (Curitiba) através do 0800-410001, a ligação é gratuita. No Município, os interessados podem ainda procurar o CREAS localizado na Rua Eliomar Meira Xavier, nº 117 – fone 3904-1497.

Sobre o dia 15 de junho

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, a ser lembrado em 15 de junho de cada ano, foi instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. Objetiva criar uma consciência mundial e local sobre a existência dessa violência, as formas de combate e os mecanismos de denúncia.

Foto - Conselheiros, titulares e suplentes, participaram da capacitação e tiveram exemplos de como prevenir algumas situações de risco envolvendo a pessoa idosa.

Faça seu comentário!

Transparência

Ouvidoria