A Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Recreação (SMCER) instituiu em Telêmaco Borba, em outubro 2020,  o Núcleo de Atividades e Desenvolvimento do Paradesporto (Nadepar), voltado para crianças, jovens e adolescentes com deficiência (motora, intelectual e visual).

E desde o 1º de fevereiro, para dar inicio as atividades de 2021, a professora de Educação Física Silvana Dias, técnica responsável pelas atividades do programa, vem realizando a avaliação física dos atletas da equipe de Paradesporto de Telêmaco Borba.

Silvana ressalta que ao iniciar as atividades do Paradesporto, em 2020, já haviam realizado avaliação com os primeiros atletas da equipe, mas com o crescente aumento na procura pelo programa, e para que possa realizar o planejamento das neste ano fez-se necessário uma nova avaliação com todos os atletas.

A avaliação está sendo desenvolvida em grupos pequenos, para evitar a aglomerações, e tomando-se todos os cuidados necessários ao momento de pandemia do coronavírus (COVID-19).

Segundo a professora Silvana, a realização de atividades voltadas às pessoas com deficiências é de suma importância para o desenvolvimento da inclusão de fato, aquela que acontece no dia a dia e não no papel. “Já há bastante tempo discutimos sobre inclusão e sobre ações para que esta aconteça de fato, porém sabemos que muitas politicas públicas não são pensadas para esse público, desta forma reforçando a exclusão, projetos que ofertam qualidade de vida e desenvolve o empoderamento do deficiente são essenciais para desenvolvimento da inclusão, por isso desenvolvemos o Nadepar”.

Com relação à avaliação, o trabalho com o deficiente deve sempre buscar a qualidade no atendimento, deve ser desenvolvido com organização e planejamento, e que desta forma o resultado esperado em números e medalhas certamente virá.

Ainda segundo a professora, para o deficiente o hábito de realizar atividade física por si só já representa um grande benefício, pois melhora a saúde, qualidade de vida, autoestima, etc., mas para atingir objetivos mais eficientes precisa-se mensurar as capacidades físicas dos atletas, identificar as necessidades individuais para melhor direcionar e prescrever o treinamento.

Avaliar também é muito importante para saber o ponto de partida, estabelecer objetivos, e enxergar os avanços.

Para fazer inscrição e obter informações sobre o Programa pode ligar pelo telefone 3904 1521 e mensagens pelo WhatsApp 99953-0663 com Anderson Rogério Wendt (Bello), coordenador do programa.

O Município oferece de contrapartida além das atividades o transporte dos atletas.

 

AGENDA DE ATIVIDADE DO NADEPAR

 Terça-feira – 9h - atletismo para todos – Minicentro Esportivo

Quarta-feira – 9h – futsal e às 10h30 - handebol - para deficientes intelectuais -  Ginásio Bela Vista

9h - Sala de estimulação (todos) na Divisão de Esportes

Sexta-Feira – 9h - goall ball (deficiente visual) – Ginásio Bela Vista

9h - Atletismo - deficiente intelectual, deficiente físico e síndrome de Down – Minicentro.

Segunda à sexta - 9h às 11h e das 14h às 17h - Sala de Jogos Adaptada (Casa da Cultura) - ping pong (deficiente física e intelectual) e xadrez (deficiente visual).

Faça seu comentário!