O artista plástico Bruno Cruz, de Telêmaco Borba, está representando o Estado do Paraná na exposição Rádio em Movimento, que é um dos projetos de comemoração dos 100 Anos do Rádio no Brasil.

A mostra “Rádio em Movimento”, uma iniciativa da ABERT (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão) une arte e cultura ao homenagear o centenário do rádio e da Semana de Arte Moderna. A ABERT contou com o apoio das associações estaduais de radiodifusão, incluindo a Aerp. São 81 rádios modelo capelinha, um dos mais populares da década de 1940, personalizados por três artistas de cada estado brasileiro e do Distrito Federal.

Bruno foi escolhido pela Associação das Emissoras de Rádio do Paraná (AERP) para junto de mais dois artistas plásticos, Ariane Labre e Luiz Gustavo Vidal, representarem o estado na mostra nacional.

Bruno intitula seu projeto como “Fascínio”. As memórias do artista, sua admiração pelos avós e o apreço que tinham pelo rádio estão retratadas em paixões compartilhadas pelo brasileiro: família, futebol, música, religiosidade e o rádio.

Agora estes rádios fazem parte de uma exposição virtual, para que seja escolhido um representante de cada Estado, por votação popular. O mais votado de cada estado será exposto, em novembro, no Museu Nacional da República, em Brasília, quando a ABERT comemora 60 anos de fundação. É possível escolher a obra preferida até o dia 25 de setembro, no site da ABERT.

Sobre Bruno Cruz

Bruno é um artista visual paranaense, natural de Telêmaco Borba. Sua conexão com a arte vem desde a infância, sendo sua primeira inspiração um quadro de grafite sobre papel feito por sua mãe durante a gestação. Essa história o fascinava e o levou a tentar reproduzir o desenho várias vezes, notando seu interesse sua mãe passou a aplicar alguns exercícios que aguçaram sua percepção artística. Em Curitiba, onde morou durante 8 anos, teve contato com a fotografia e costumava registrar o cotidiano da cidade. Desde então, Bruno trilhou caminhos que o levaram a ter a arte como profissão. Inspirado pelas histórias contadas, fotografias documentais, músicas e memórias, o artista transita entre o passado e presente.

O artista Bruno afirma que o convite da ABERT é fruto do reconhecimento do seu trabalho. “É uma satisfação representar o estado e movimentar a cultura local. É um reflexo do meu trabalho que vem acontecendo no município. Um trabalho que valoriza a cultura local, as pessoas daqui”, afirmou.

Para conhecer mais sobre seu trabalho artístico siga-o pelo Instagram @brunocruz.art.

Votação vai até o dia 24 de setembro

Para votar basta acessar o link https://www.abert.org.br/radioemmovimento/pr/

 

Faça seu comentário!

Transparência

Ouvidoria

PNAB

Vacinômetro

Agenda Vacinas

 

 

 

Ação Organização

Checklist Dengue

Boletim COVID-19

Boletim da Dengue em Telêmaco Borba