O 2º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Telêmaco Borba publicou no dia 11 de julho em sua página oficial algumas orientações a respeito de cuidados com queimaduras. Estas informações são formuladas pelo SIATE – Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência.

O que fazer em casos de queimaduras?

Na maioria das queimaduras, o passo mais importante é esfriar rapidamente a pele para que as camadas mais profundas não continuem queimando e provocando lesões.

O que fazer na queimadura de 1º grau:

A queimadura de primeiro grau afeta apenas a camada superficial da pele causando sinais como dor e vermelhidão na região. Nestes casos é recomendado que:

1- Coloque a região queimada debaixo de água fria por, pelo menos, 15 minutos;

2- Mantenha um pano limpo e umedecido em água fria na região durante as primeiras 24 horas, trocando sempre que a água aquecer;

O que fazer na queimadura de 2º grau – procurar ajuda médica;

A queimadura de 2º grau afeta as camadas intermédias da pele e, por isso, além da vermelhidão e da dor no local, podem surgir outros sintomas como bolhas ou inchaço do local. Neste tipo de queimadura é aconselhado que:

1- Coloque o local afetado debaixo de água corrente fria por, pelo menos, 15 minutos;

2- Lave cuidadosamente a queimadura com água fria e sabão de pH neutro, evitando esfregar com muita força;

Cubra a região com uma gaze molhada durante as primeiras 48 horas, trocando sempre que necessário;

O que fazer na queimadura de 3º grau:

A queimadura de 3º grau é uma situação grave que pode colocar a vida em risco, uma vez que as camadas mais profundas da pele estão sendo afetadas. Por isso neste caso é recomendado que:

1- Chame imediatamente uma ambulância, ligando para o 192 ou leve a pessoa rapidamente para o hospital;

2- Coloque cuidadosamente uma gaze esterilizada ou um pano limpo sobre a região afetada, até a chegada da ajuda médica;

Não coloque nenhum tipo de produto na região afetada.

Sempre procure ajuda de um médico.

Fonte – SIATE - Corpo de Bombeiros de Telêmaco Borba

Faça seu comentário!

Ação Organização

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Boletim COVID-19