A equipe do Jardim Bandeirantes estão atendendo a comunidade no sistema drive thru

A Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza começou nesta segunda-feira (23). Para evitar aglomerações nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) algumas medidas foram adotadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Telêmaco Borba.

A vacinação está sendo realizado em modelo drive thru (idosos vão até a unidade e recebem a vacina no carro). Os idosos que não têm carro serão atendidos em casa após às 17 horas.

As UBSs que estão realizando o atendimento drive thru nesta segunda são a Área 2, Área 6, BNH, Caic, Cem Casas, Jardim Bandeirantes, Santa Rita e Socomin.

Os idosos do BNH também recebem a vacina sem precisar sair do carro

Os idosos e os profissionais de saúde são os primeiros a serem vacinados pela Campanha que se estenderá até o dia 22 de maio.

As equipes das UBSs do Alto das Oliveiras, Bela Vista, Centro, Jardim Alegre, Marinha, Triângulo, Vila Esperança e Vila Izabel farão a vacinação dos idosos nas residências.

 Os idosos do Caic também estão recebendo a dose da vacina dentro do carro

 CALENDÁRIO

- A partir de 23 de março - Idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde;

- A partir de 16 de abril - Professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

- A partir de 9 de maio - Crianças de 6 meses a menores de 6 anos; Gestantes; Puérperas; Povos indígenas; Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; População privada de liberdade; Funcionários do sistema prisional; e Adultos de 55 a 59 anos de idade.

- 9 de maio: Dia D de Mobilização Nacional

 

 DOADORES DE SANGUE

Muitas pessoas não sabem, mas toda vez que alguém toma uma vacina, fica impedido de doar sangue. O período de restrição varia, conforme o tipo de vacina.

No caso da vacina contra influenza, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os candidatos elegíveis à doação que tiverem sido vacinados devem ser considerados como inaptos temporariamente, pelo período de 48 horas.

 

Faça seu comentário!