Telêmaco Borba investiu R$ 19.490.371,44 na Saúde do município no último quadrimestre de 2019. Os dados foram apresentados na quinta-feira (20) durante a realização da Audiência Pública da Saúde do 3º quadrimestre 2019 e Relatório Anual de Gestão 2019.

No período da tarde, os dados foram apresentados para o Conselho Municipal de Saúde e à noite para os vereadores e comunidade, na Câmara Municipal.

O balanço financeiro foi apresentado pelo contador geral do município Agostinho Romão, e as ações da SMS pela chefe da Divisão de Saúde Pública Marlise Marcondes.

Os dados mostram que Atenção Básica foram investidos 18.867.584,02, na Vigilância Sanitária R$ 302.686,86 e na Epidemiológica R$ 320.100,56, totalizando o investimento de R$ 19.490.371,44, mais de 17%.

O destaque para esse período foi a redução dos óbitos prematuros por doenças crônicas não transmissíveis, o dado é um indicador que tem influência da qualidade do atendimento da atenção básica das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Comparando com os dados do período anterior do 3º Quadrimestre de 2018 foi registrado 48 óbitos, 3º quadrimestre de 2019 o número ficou em 28.

Outro resultado positivo foi o aumento no número de consultas médicas no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), totalizando 2.049 no quadrimestre. A redução do percentual de gravidez entre 10 e 19 anos, ampliação do número de consultas para gestantes de alto risco e o bom percentual de gestantes realizando sete ou mais consultas, que é o preconizado pelo Ministério da Saúde foram bons índices para a Saúde do Município.

Os dados demonstram que na Atenção Básicas foram 35.766 consultas médicas foram realizadas, consultas com enfermeiras 8.529, 93.107 procedimentos, cadastros dos ACS 1.039 (2.427 usuários) e 38.998 atendimentos na Farmácia, neste quadrimestre.

Na Clínica da Mulher foram 4.728 consultas e 1.372 exames de mamografias liberados pelas UBSs e Clínica da Mulher.

As planilhas apresentadas mostram que na Saúde Bucal as ações coletivas de fluoretação nas escolas municipais/bochechos atingiram 7.384, escovações supervisionadas foram 2.322, 1.452 exames clínicos programados (com exceção das urgências) e 3.387 restaurações.

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foram realizadas 23.944 consultas, 30.613 procedimentos e 14.056 pessoas atendidas na Farmácia.

No Centro de Especialidades foram 11.712 consultas e 9.307 exames realizados.

 

 

Faça seu comentário!