A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza na quarta-feira (28), no auditório da Secretaria Municipal de Educação (SME), um treinamento de atualização e revisão sobre a tuberculose, para a Atenção Primária.

O treinamento realizado e organizado pela Vigilância em Saúde e coordenação da atenção primária e tratou sobre o cenário da tuberculose local e a importância da busca ativa; tuberculose e diagnóstico; tratamento; seguimento do paciente; controle de contatos e TILTB.

TUBERCULOSE

 A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de Koch. A doença afeta prioritariamente os pulmões (forma pulmonar), embora possa acometer outros órgãos e/ou sistemas.

Apesar de ser uma enfermidade antiga, a tuberculose continua sendo um importante problema de saúde pública. No mundo, a cada ano, cerca de 10 milhões de pessoas adoecem por tuberculose. A doença é responsável por mais de um milhão de óbitos anuais.

No Brasil são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose.

 QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA TUBERCULOSE?

  • Tosse por três semanas ou mais
  • Febre vespertina
  • Sudorese noturna
  • Emagrecimento

O principal sintoma da tuberculose pulmonar é a tosse. Essa tosse pode ser seca ou produtiva (com catarro).

IMPORTANTE

 Recomenda-se que toda pessoa com sintomas respiratórios, ou seja, que apresente tosse por três semanas ou mais, seja investigada para tuberculose.

 Caso a pessoa apresente sintomas de tuberculose, é fundamental procurar a unidade de saúde mais próxima da residência para avaliação e realização de exames. Se o resultado for positivo para tuberculose, deve-se iniciar o tratamento o mais rápido possível e segui-lo até o final.

O tratamento da tuberculose dura no mínimo seis meses, é gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).

Faça seu comentário!

Ação Organização

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Boletim COVID-19