A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que fará a vacinação das crianças de 06 a 11 anos na sexta-feira (28). A vacinação será das 09 às 14 horas, na Unidades Básicas de Saúde (UBS) de referência, enquanto houver doses disponíveis. As crianças que consultam na UBS do Triângulo poderão ser vacinadas em qualquer UBS.

A vacinação para crianças de 05 a 11 anos com comorbidades e/ou deficiência permanente (mediante comprovação médica) continua normalmente, enquanto houver doses disponíveis.

Para a realização da vacinação será exigida a autorização dos pais ou responsáveis legais e documento de identificação oficial da criança para fins de registro do imunizante, não sendo necessária a prescrição médica. Em caso de ausência de pais ou responsáveis, a vacinação deverá ser autorizada por um termo de aceitação por escrito.

Seguindo recomendação do Ministério da Saúde, a vacinação acontecerá em ordem decrescente, começando pelos 11 anos até chegar aos 05 anos.

OUTRAS VACINAS

A SMS orienta que a vacina contra a Covid-19 não seja aplicada de forma concomitante à outras vacinas do calendário infantil, por precaução, sendo recomendado um intervalo de 15 dias entre a aplicação dos imunizantes.

IMPORTÂNCIA

A Comissão Intergestores Bipartite do Paraná, formada por integrantes da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (COSEMS/PR), destaca a importância da vacinação para crianças de 05 a 11 anos.

Entre os pontos está que a vacina foi aprovada pela Anvisa e é recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e a Sociedade Brasileira de Infectologia para a vacinação das crianças contra a Covid-19.

A redução do número de casos de Covid-19 resultante do avanço alcançado no Paraná com a vacinação da população acima de 12 anos.

Que a variante Ômicron sugerem um aumento da transmissibilidade desta variante, o que faz das crianças (ainda não vacinadas) um grupo com maior risco de infecção, conforme vem sendo observado em outros países onde houve transmissão comunitária desta variante.

O alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS), que aponta que o público entre 05 e 14 anos é o mais afetado pela nova onda de Covid-19 na Europa e, que apesar de menor risco em relação a outras faixas etárias, resultou em um grande número de óbitos em crianças e adolescentes no Brasil desde o início da pandemia.

Faça seu comentário!

Ação Organização

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Boletim COVID-19