O Município de Telêmaco Borba aplicou R$ 11,8 milhões em Saúde durante os primeiros quatro meses deste ano (janeiro, fevereiro, março e abril). Este recurso representa uma aplicação de 25,72% no setor e compreende o valor de R$ 159,83 investidos em saúde por habitante (De acordo com o IBGE a população do município está estimada em 74.270).
Os números foram apresentados pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde e Controladoria Geral do Município, em Audiência Pública da Saúde. O evento aconteceu, quinta-feira, dia 29 de maio, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, com a participação do secretário municipal de Saúde, Cláudio de Souza.
A apresentação das ações foi feita pelo chefe da Divisão de Saúde Pública, Murilo Constantino e o balanço econômico através do controlador Celso Elli Burakovski.
NÚMEROS DA SAÚDE NOS PRIMEIROS QUATRO MESES DO ANO
De acordo com o relatório apresentado pela Divisão de Saúde Pública, houve 86,3 mil consultas médicas, realizados aproximadamente 48 mil exames e distribuídos 3,5 milhões de unidades de medicamentos.
Pelo Centro de Especialidades, que atende até 10 diferentes áreas da medicina, foram 5,1 mil consultas e 2,2 mil exames.
Durante a Campanha da Influenza foram aplicadas mais de 16 mil doses da vacina.
No enfrentamento a dengue, 17 mil imóveis visitados, 3 mil depósitos tratados e 7 mil eliminados.
No Programa Municipal de DST/AIDS/HIV foram entregues mais de 86 mil preservativos (masculinos e Femininos), 700 exames de HIV, 500 exames de sífilis, 900 exames somados sobre Hepatite B e C.
No combate ao tabagismo, 230 consultas e atendimento a 64 pacientes.
A Secretaria Municipal de Saúde transportou 11,5 mil pessoas para atendimento fora do domicílio.
Foram aplicados R$ 87,6 mil para 298 atendimentos e mais R$ 38 mil para 1,5 mil atendimentos laboratoriais.
Nos cuidados com a Saúde Bucal, o Centro Odontológico promoveu 9,5 mil procedimentos.
A secretária Municipal de Saúde também apresentou os resultados dos programas e projetos de promoção da saúde, como, PSE, Recém Nascido Assistido e Hiperdia.
IMAGEM
O chefe da Divisão de Saúde Pública Murilo Constantino (a esquerda) relatou as ações da Saúde no 1º quadrimestre, enquanto que o balanço econômico ficou por conta do controlador Celso Elli Burakovski

Faça seu comentário!

Ação Organização

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Boletim COVID-19