Um excelente público lotou a quadra do Monte Sinai para a sua inauguração. O evento aconteceu na tarde de sábado (08), concomitantemente com mais uma edição do Projeto Brincar.

Cerca de mil pessoas passaram pelo evento, que deu o nome de Dorothy Josephine Bartels, carinhosamente conhecida como Irmã Catarina, à quadra, que fica na rua Naim, S/N, ao lado da Escola Municipal Mãe do Perpétuo Socorro, que foi transferida do Centro para o Monte Sinai em 2023 e que por muitos anos, Irmã Catarina foi diretora.

O pastor da Igreja Assembleia de Deus, do Monte Sinai, Bruno Santos, iniciou a inauguração pedindo as bençãos de Deus para o local. A vice-prefeita, Rita Araújo, demonstrou a sua satisfação com a entrega da obra. “Esse é um sonho desse povo. A comunidade merece esse presente, um local onde as crianças possam brincar e também desenvolver o esporte, além de colaborar com as aulas de Educação Física da Escola Mãe do Perpétuo Socorro”, declarou.

A secretária municipal de Educação, Edina Cruz, e a diretora da Escola Mãe do Perpétuo Socorro, Gilmara Adriana Santos Evangelista, destacaram a importância da quadra para a comunidade e principalmente para escola, o que vai dar um ganho substancial para as práticas esportivas e aulas de Educação Física. Elas também agradeceram à Gestão Municipal pela conquista.

O vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Ezequiel Ligoski Betim, convidou os vereadores presentes a comparecer à frente do púlpito e juntos com eles destacou a parceria entre os poderes Executivo e Legislativo. “Tudo que a Prefeitura nos envia e que é para o bem da população nós aprovamos. As obras também tem as mãos dos vereadores”, afirmou.

Os presidentes das Associações de Moradores do Monte Sinai, Ilson Monteiro, e da Vila Rosa, Silvano Dutra “Batatinha” declararam o seu agradecimento à Prefeitura pela obra. “Nós estamos recebendo a quadra, mas existem mais obras e nosso bairro e toda cidade”, disse Ilson. “Eu só tenho que agradecer ao prefeito Dr. Marcio e toda sua equipe por esse sonho realizado. Muito obrigado por ter feito tanto por nós”, agradeceu, Silvano.

QUADRA

A construção da quadra poliesportiva totalmente fechada, é um verdadeiro centro de atividades esportivas e de convivência para todos. Com um investimento de R$ 1.751.821,32, esta quadra foi projetada para oferecer as ótimas condições para a prática esportiva. Um dos destaques é a instalação de um piso modular intertravado de uso interno, um revestimento de alta tecnologia composto por borracha. Este piso é conhecido pela sua alta capacidade de absorção de impactos e resistência, garantindo segurança e conforto para todos os nossos estudantes e comunidade.

Além do piso moderno e seguro, a quadra conta com uma arquibancada capaz de acomodar 378 pessoas. Estes bancos foram instalados para proporcionar a todos maior conforto nas diversas atividades a serem realizadas tanto pela escola como no uso pela comunidade nos fins de semana.  A presença de uma arquibancada ampla e bem estruturada reflete o compromisso em oferecer um espaço de qualidade, não apenas para os praticantes de esportes, mas também para os espectadores.

Este projeto não é apenas uma construção física, mas um verdadeiro investimento educacional. É um espaço onde crianças, jovens e adultos poderão desenvolver suas habilidades esportivas, aprender valores como disciplina, trabalho em equipe e respeito, e, acima de tudo, desfrutar de momentos de lazer e bem-estar.

HOMENAGEADA

Dorothy Josephine Bartels, conhecida como Irmã Catarina, nasceu no dia 13 de janeiro de 1926, em Rutherford, Nova Jersey, sendo a 4ª filha de Harold e Catherine Bartels. Sua educação ocorreu em Nova Jersey e no Dunbarton College em Washington D.C. Mais tarde, ela recebeu o título de mestre pela Escola de Teologia de Saint Mary, em Notre Dame, Indiana.

Irmã Catarina foi educadora, administradora, formadora e uma defensora apaixonada de crianças. Em particular, ela dedicou-se com grande compaixão às crianças com problemas de desenvolvimento, uma causa que lhe era próxima devido ao seu próprio irmão, Paul Bartels, que enfrentava esses desafios.

Desde cedo, Irmã Catarina interessou-se pela vida religiosa, sendo recebida no noviciado em 1949. Ela emitiu os votos temporários em 1951 e fez sua profissão perpétua em 1954. No mesmo ano de 1951, foi designada para lecionar na St. Catherine's School em Columbus, Ohio, onde iniciou sua carreira profissional como professora dedicada.

Em 1954, foi destinada ao Brasil, onde promoveu seu espírito missionário. Foi convidada para lecionar na escola primária Irmãs da Santa Cruz, na Vila Betânia, e logo assumiu a função de diretora do Ensino Fundamental da escola. Durante esse período, devido ao seu interesse pelo trabalho missionário, ela trabalhou com as irmãs Maryknoll em Ossining, Nova York. No entanto, ao término de sua experiência na cidade de Nova York em 1948, ela decidiu ingressar nas Irmãs da Santa Cruz.

Em 1964, os padres redentoristas de Telêmaco Borba convidaram a congregação das irmãs da Santa Cruz a aceitar a direção do Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Telêmaco Borba, onde Irmã Catarina cumpriu diligentemente seu compromisso como diretora e professora da escola primária.

Irmã Catarina atuou de forma generosa e criativa até o último momento em Telêmaco Borba. Sua dedicação e dons engenhosos deixaram uma marca indelével no povo de nosso município.

Irmã Catarina faleceu no dia 25 de julho de 2009, deixando como legado uma vida dedicada à educação, ao serviço missionário e ao cuidado das crianças, especialmente aquelas com necessidades especiais. Sua trajetória de amor e dedicação continua a inspirar todos que tiveram o privilégio de conhecê-la e aprender com seu exemplo.

Faça seu comentário!

Transparência

Ouvidoria

Vacinômetro

Agenda Vacinas

 

 

 

Ação Organização

Checklist Dengue

Boletim COVID-19

Boletim da Dengue em Telêmaco Borba