Dois dias de diálogos entre gestores, professores, representantes de pais/mães, conselhos escolares, estudantes e conselhos municipais marcaram IX Conferência Municipal de Educação, quando foram apresentadas proposições de melhoria para a educação municipal e para a melhoria da aprendizagem das crianças e estudantes, frente aos desafios deixados pela pandemia do Covid-19.

A Conferência foi realizada na segunda-feira (26) e na terça-feira (27) com o tema “Plano Municipal de Educação 2015-2025: pós-pandemia, necessidade de valorização das instituições escolares e compromisso com o processo ensino-aprendizagem de todas as crianças e estudantes”.

A Conferência teve como objetivo mobilizar os profissionais da educação, comunidade escolar e sociedade civil para a discussão e elaboração de estratégias de ação para a melhoria da qualidade da Educação, integrando as redes de educação de ensino do município para a consolidação do Plano Municipal de Educação.

A palestra de abertura, foi presidida pela coordenadora presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação do Paraná (UNCME) e vice-presidente da Região Sul Ana Lúcia Rodrigues e teve a temática “Os desafios do monitoramento e avaliação do Plano Municipal de Educação na garantia de direitos à Educação Municipal”. 

            A Conferência contou com a participação de representantes do Conselho Municipal de Educação (CME), Fórum Municipal de Educação e da Secretaria Municipal de Educação para o planejamento e a organização das pré-conferências nas instituições de ensino que aconteceram na semana de 14 a 22 de setembro, na coordenação dos grupos de trabalho e na plenária geral da Conferência. 

Na plenária geral foram aprovadas 72 proposições referentes aos 10 grupos de trabalhos que discutiram propostas para a Educação Infantil até o Ensino Superior do município.

            A Escola de qualidade também foi expressa pelos estudantes “A escola que eu quero para mim, tem que ter educação de qualidade, com professores especializados, aprendemos de verdade”.

 

 

 

Faça seu comentário!

Ação Organização

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Boletim COVID-19