A Conferência reuniu mais de 100 pessoas no Centro de Convivência do Idoso

Telêmaco Borba definiu, na sexta-feira (30), as propostas da XIII Conferência Municipal de Assistência Social que teve o tema “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social”.

A Conferência também elegeu representantes das entidades que vão representar o município na Conferência Estadual em Curitiba.

No período da manhã, os participantes acompanharam a palestra da doutoranda do Curso de Pós-graduação em Serviço Social e Política Social da Universidade Estadual de Londrina (UEL) Claudiana Tavares da Silva, que destacou o momento delicado que o setor vem passado. Claudiana lembrou que a Assistência Social é um direito e não um favor. “Tudo o que foi conquistado até agora está sob ameaça e nós não podemos aceitar o retrocesso”, disse se referindo aos recursos que o Governo Federal está cortando da Assistência Social.

Ao avaliar o panorama de Telêmaco Borba, Claudiana, disse que está muito bom, em comparação com outros municípios. “Os programas estão sendo desenvolvidos e o município investe nas políticas públicas, enquanto que em outros municípios muitos programas precisaram ser cortados por falta de recursos”, ressaltou.

O prefeito Dr. Marcio Matos falou da importância de se discutir as políticas públicas em todos os setores. “Nós queremos uma cidade bonita, organizada e limpa. Queremos atendimento social, saúde e educação, mas precisamos contribuir, termos responsabilidades e participar das ações como esta que objetivam melhorar a vida daqueles que precisam”, enfatizou.

A vice-prefeita Rita Mara de Paula Araújo destacou o trabalho da equipe para a realização da Conferência e falou das dificuldades enfrentadas pelas secretarias de Assistência Social em todo o Brasil. “Apesar das dificuldades, acreditamos que com o apoio de todos estamos avançando e precisamos continuar o trabalho. Temos zelo para atender, pois se chegou até nós é porque precisa”, enfatizou.

“Muitos têm opinião, mas não conhecem seus direitos e esses encontros nos permitem mudar de opinião, conhecer mais para servir e para saber servir”, disse o vereador e representante da Câmara Antônio Marcos de Almeida.

A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Fernanda Schambakler agradeceu a participação de todos, lembrando que no cenário de desmonte da Assistência Social, esse foi o momento para os usuários apresentarem suas reivindicações.

A representante dos usuários da política de assistência Terezinha Ramos agradeceu a todos e frisou a importância dos trabalhos.

 

Eleitos do segmento não governamental que irão compor o CMAS

Cinquenta e seis delegados votaram e foram eleitos:

Entidades: Projeto Pescar - Unidade Braslumber, APAE e Asilo São Vicente de Paulo.

 

Trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS):

Titulares: Niama Cristini Gris – 30 votos;

Jéssica Emanuelle Martins Lopes – 26 votos;

Suplentes: Fernanda Thaís de Carvalho – 22 votos

Adriane Knaut – 16 votos.

 

Usuários da Política de Assistência Social:

Titulares: Terezinha Zander Ramos – 27 votos;

José Juarez Sincoski – 31 votos;

Maísa Pereira dos Santos – 22 votos;

Suplentes: Marilda da Cruz Oliveira – 18 votos;

Luiz Carlos de Quadros – 13 votos;

Bernardino de Jesus Borges  – 9 votos

 

Acompanhe aqui as propostas municipal, estadual e federal elaboradas durante a Conferência.

Faça seu comentário!

Prefeitura de Telemaco Borba

TBTran Informa

  • Aviso de Infrações Pendentes

    A Divisão Municipal de Segurança Pública e Trânsito (TBTran) informa os relatórios de avisos de infrações pendentes emitidos no Estacionamento Regulamentado (EstaR), no período de 13 de setembro de 2019

    Leia mais...