Aproximadamente 200 pessoas participaram da IX Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, no dia 10 de novembro, no Centro de Convivência do Idoso (CCI).

Entre os participantes representantes governamentais, não governamentais, usuários da Política de Atendimento à Criança e Adolescente e sociedade civil.

O tema principal foi “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia de Covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”.

A Conferência teve dois momentos pela manhã, foi realizada a abertura do evento com a participação do secretário de Assistência Social Cleverson Silva dos Santos, do prefeito Marcio Artur de Matos, Juiz da Vara da Infância e Juventude e Sucessões da Comarca de Telêmaco Borba, da palestrante, pesquisadora da Universidade Estadual de Londrina, na área da criança e do adolescente Silvia Alapanian, a adolescente e aluna do IFPR Wellen Verônica Barbosa de Jesus, representando os usuários/adolescentes e Lindamir de Paula Santos Raimundo, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A palestra magna foi conduzida pela Dra. Silvia Alapanian e abordou o tema da IX Conferência.

No período da tarde, foi realizada a apresentação dos candidatos que concorreram as vagas do segmento não governamental do CMDCA, bem como a formação dos grupos de trabalho por eixos temáticos, além da eleição dos conselheiros da sociedade civil para o CMDCA.
O evento contou também com uma apresentação cultural, com o servidor João Paulo Mainardes Ramos, instrutor musical do Centro de Convivência do Adolescente e do adolescente João Matheus Silva, aluno do IFPR.

Após a apresentação, ficaram definidos os delegados para a XI Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, através de representantes do CMDCA (titular e suplente) e representantes de adolescentes (titular e suplente).

Os eleitos para compor o novo mandato do CMDCA, representantes da sociedade civil, foram:

Associação Educacional Fanuel Guarda Mirim, Grupo de Escoteiros Monte Alegre, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Colégio Dom Bosco, CRESS/PR, CRP/PR e OAB/PR. Os demais representantes governamentais serão indicados posteriormente, pelo Poder Executivo.

Ao final, os delegados aprovaram as propostas elaboradas nos eixos temáticos, as quais tiveram o objetivo de planejar e melhorar as políticas voltadas à criança e ao adolescente em âmbito municipal.

Todo o material produzido na Conferência de responsabilidade estadual será encaminhado à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho e subsidiará as discussões da Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. Com relação às propostas de âmbito municipal, estas serão encaminhadas ao CMDCA e ao Poder Executivo para conhecimento, acompanhamento e execução.

Participaram da Conferência do setor governamental, secretarias municipais, escolas municipais e estaduais, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná/ IFPR, Ministério Público do Paraná, Poder Judiciário. Do setor não governamentais, a Associação Educacional Fanuel - Guarda Mirim, Centro de Integração Empresa Escola/CIEE, Grupo de Escoteiros Monte Alegre, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais/APAE, escolas particulares, CRESS/PR, CRP/PR, OAB/PR, Assistência Social Estandarte do Amor - Assembleia de Deus, além de usuários da Política de Atendimento à Criança e Adolescente, representados por adolescentes inscritos no Centro de Convivência do Adolescente e da Juventude, IFPR e Guarda Mirim.

O evento contou com intérpretes de Libras cedidas pela Secretaria Municipal de Educação, bem como com outros recursos de acessibilidade.

A Conferência foi promovida pela Prefeitura de Telêmaco Borba, através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

 

 

 

Faça seu comentário!

Transparência

Vacinômetro

Agenda Vacinas

Ação Organização

Boletim COVID-19